Chorando em Ré Menor


sobre

O grupo Chorando em Ré Menor surgiu em 2009 a partir de encontros didáticos que tinham como orientador o cantor e violonista Emiliano Castro. Depois do pontapé  inicial dado por seu padrinho, os integrantes resolveram estender aquela experiência  aprimorando seu fazer musical de maneira independente.   O combustível para que o grupo continuasse sua caminhada reside no amor à música brasileira e toda a sua riqueza de gêneros, incluindo o maxixe, o samba e sua especialidade, o Choro. Os ‘Chorões’ escolheram o nome do grupo baseados em uma coincidência, que todas as músicas, ou pelo menos a maioria do repertório executado na época, estavam na mesma tonalidade, Ré menor.    Apesar do acaso, Chorando em Ré Menor vem construindo sua carreira com bastante consistência sob a dedicação de todos os integrantes: Beatriz Pacheco (Saxofone), Liw Ferreira (Bandolim), Leandro Carvalhal (Cavaco), Wellington Sales (Violão 7 cordas), Leonardo Oliveira (violão 6 cordas) e Si Sa Medeiros (Percussão).   O que evidencia isso são suas apresentações ao lado do grande músico Nailor Proveta,    do cantor Renato Braz e junto a Banda Mantiqueira. Além disso, o grupo se apresentou na 2ª Semana Sinais de Arte no Museu de Arte Moderna, evento transmitido ao vivo a São Paulo e Roterdã (Países Baixos), fez a abertura do Cinema ao Luar, abriu diversos shows no Foyer do Auditório Ibirapuera e apresenta-se com frequência no Chorinho no Monte.   Com isso, fica nítido que o objetivo do grupo em pesquisar, divulgar e ampliar o acervo de Música Popular Brasileira está sendo seguido fielmente indicando um futuro promissor à esses jovens brasileiros.

vídeos



mesmo estilo